Caganifrante (desenho aleatório com quase soneto)

Olá!

Cometi mais um quase-soneto e – pior ainda – criei coragem de publicar aqui.

Espero que gostem…

(Quem assina o blog já tinha recebido esse post antes, mas é que eu queria clicar em “guardar com rescunho” e acabei clicando em “publicar”.)

 

 

Caganifrante

Esgrouviado, esguedelhado, espezinhado, aparvalhado,
Atoleimado, esbugalhado, destrambelhado, funhanhado:
É tanta palavra incrível, imarcescível e improferível,
Que fiquei concupiscível, também um pouco escambichado.

Defenestrar, entremostrar, encanastrar, podometrar…
Meu coração vai rebentar de tanto se apaixonar
Por verbos exuberantes, translumbrantes e olorantes.
(Agora fiquei com fome, quero bolo de caganifrantes!)

Caganifrante é uma ameixa! O que você imaginou?
Algo mais depreciativo, pejorativo ou laxativo?
(Tenho de concordar que não é muito convidativo…)

É hora de terminar, está ficando cansativo,
Mas acho que este texto já está bem ilustrativo:
Foi só abrir um dicionário e minha mente embolou.

 

 

Categorias: Desenhos aleatórios

Deixe uma resposta