Acordei meio passarinho (fotopoema)

Se for dizer algo, por favor, fale bem baixinho, porque hoje acordei meio passarinho.

Domingo, dia de fotopoema!

Eu ando meio passarinho há váááááááááários dias. Cada vez mais fugindo de barulho, de conversas sem sentido, de celeumas que não levam a lugar nenhum. Se for para não ter silêncio, que seja com música – ou com conversas profundas ou engraçadas. Rir é tão importante quanto filosofar, não acham?

 

Categorias: Fotopoemas

Deixe uma resposta